O profissional de Mídia na linha de frente das estratégias das marcas

As mudanças vividas nos últimos meses têm provocado reflexões, novas ideias e aprendizados que são contados pelos profissionais em reportagem para o BREAK


Humanizar a comunicação é uma das ações para se relacionar com as pessoas 
Um oceano azul a ser navegado e desbravado em meio à tempestade pandêmica que atingiu a todos, incluindo empresas e marcas, parceiros das agências publicitárias. Assim resumem os profissionais de Mídia sobre o novo cenário. Em comemoração ao dia do Mídia, 21/06, convidamos um profissional de Mídia de cada região de abrangência das Empresas Pioneiras para um bate-papo e análises deste momento riquíssimo de reflexões, dados e audiência que o período vem proporcionando. 
A humanização da comunicação é assunto recorrente na opinião dos publicitários. Eduardo Scatolin, diretor Criativo da Voo Propaganda de Rio Claro (SP), que está há 20 anos no mercado, diz que o maior desafio nesse momento é acertar o tom e o apelo da comunicação das marcas. "Daqui para frente, as marcas precisam ser relevantes na vida das pessoas. Não é bom mocismo. É ter propósitos. As marcas não podem ser mais apenas vendedoras de coisas. Estamos passando por um momento de incertezas e vulnerabilidade e as pessoas estão com os nervos à flor da pele. Então, nesse momento a coerência e sensatez são fundamentais para não passar uma ideia de oportunista para o público". 

Fabiana Trabulsi, profissional de Mídia da agência Hagens, de Campinas (SP), atua há 18 anos na área e ressalta também a importância da humanização. "O maior desafio é se adaptar com esse novo modelo e cenário. Nossos clientes tiveram que se reinventar com uma comunicação mais humana e mais próxima para se tornarem relevantes e se diferenciarem de alguma maneira para conseguir dialogar com seu público ou consumidor. É preciso ter propósito, ser antenado e promover experiências para o ser humano. Vejo uma comunicação mais próxima, mais humana e relevante, trazendo informações verdadeiras, que atinja o interior das pessoas e não uma comunicação sem emoção".  

Juliana Dezajacomo Faccini, profissional de Mídia e Atendimento na agência Geodesign, em Jaboticabal (SP), atua há 10 anos na área e salienta que as agências devem ser ainda mais criativas e inovadoras e se adaptarem a este novo cenário de consumo de mídias. "O comportamento de compra do consumidor continua sendo um dos grandes desafios do marketing. Ao entendê-lo, há a possibilidade de um desempenho mais assertivo nas empresas e explorar, de maneira mais fundamentada, as oportunidades de mercado. Estes aspectos são imprescindíveis para que as empresas alcancem o sucesso no mercado que atuam. Para os profissionais de Mídia, esse entendimento é fundamental para o destaque dos nossos clientes no mercado. Precisamos estar diariamente nos renovando com soluções criativas e inovadoras de campanhas que atraem esse olhar dos novos consumidores".   

 Aprendizados 

O impacto e a necessidade de mudanças abruptas causados pelo decreto de isolamento social trazem também aprendizados e experiências para os profissionais de comunicação. Scatolin destaca que a comunicação será decisivo na retomada da economia e será fundamental para as marcas entenderem seu papel na sociedade. "A comunicação ajudará as marcas a mostrarem seus valores e a entenderem esse novo consumidor que busca por concretude e transparência. Nunca tivemos um desafio criativo tão grande na história da humanidade como agora. Vamos ter que recriar a forma de consumir, de comunicar, estudar e de se relacionar. Portanto, não dá para fazer isso sem uma soma de conhecimentos. Vamos ter de trabalhar de uma forma muito mais colaborativa". 

Fabiana destaca a importância de ter meios com credibilidade como um dos aprendizados durante a pandemia. "Aprendi a importância de ter meios com credibilidade, meios que se preocupam com o conteúdo que está entregando e também com as pessoas. Nós comunicadores tivemos e temos um papel muito importante na sociedade. A forma de trabalhar e de interpretar o mundo mudaram e temos grandes responsabilidades de agora em diante". 

Juliana também ressalta a relevância de mídia de qualidade. "A importância de uma mídia de qualidade para informação e desenvolvimento de uma sociedade e a adaptação ao novo são os meus aprendizados desta quarentena. As novas tecnologias da comunicação vão reinventando o jeito de nos comunicarmos, elevando-nos gradativamente a um nível nunca vivenciado". 

Em relação ao trabalho desenvolvido pelo profissional de Mídia, que é estratégico, Fabiana destaca que é importante alcançar o público-alvo em diferentes momentos e pontos de contatos. "Cada meio tem sua importância. A forma de consumir conteúdo mudou e as pessoas buscam informações na hora que querem. Com certeza a análise dos resultados e dados do público são levados em consideração para elaborar um plano de mídia. Hoje todo o planejamento e plano de mídia se baseiam em dados". 

Scatolin ressalta a necessidade do profissional criativo desenvolver novas habilidades. "Nos últimos anos, acompanhamos o avanço tecnológico que transformou a nossa forma de consumir, se locomover, se divertir, se relacionar e se comunicar. A criatividade passou a dividir espaço com algoritmos e métricas. O profissional do futuro será aquele que conseguir oscilar entre essas searas da melhor forma possível". 

Fabiana Trabulsi também enfatiza sobre a importância de se trabalhar cada vez mais integrado e que há muitos motivos para comemorar a profissão de Mídia. "É fundamental acompanhar toda essa mudança digital e de comportamento do consumidor e entender de todas as áreas para trabalhar cada vez mais integrado. Temos que comemorar que aquela informação importante e campanha que teve um carinho ou que teve como objetivo ajudar o próximo, chegou até as pessoas. Então, como profissional fico feliz que conseguimos transmitir boas mensagens e conteúdo para as pessoas neste momento que estamos vivendo". 

A profissional de Mídia Juliana reforça o fortalecimento da carreira junto ao avanço tecnológico. "O avanço tecnológico tem contribuído muito para o desenvolvimento e destaque da carreira. O mercado de trabalho para profissionais de Mídia está em plena expansão nos últimos anos, mas vai se destacar quem tiver a determinação de aprender o novo todos os dias".

A Fabiana Trabulsi conta em vídeo suas ações que a agência Hagens desenvolveu durante a quarentena para os clientes São Vicente e HM Engenharia. Confira!